PLIN: dispositivo de identificação digital é lançado em SP

3

O PLIN Pataapata, dispositivo de identificação digital que contém informações para localizar o proprietário do pet em caso de perda do animal, foi lançado no início do mês de abril em São Paulo capital. A ação de lançamento contou com a presença de um cão da raça Sheepdog e outro da raça Borzoi.

Junto de uma equipe de filmagem e produção, os dois pets percorreram o Parque Buenos Aires, no bairro de Higienópolis, e caminharam pelas ruas Oscar Freire, Lorena e Haddock Lobo, nos Jardins, com o dispositivo pendurado na coleira e vestidos com uma camiseta própria para cães com o logo do Pataapata, empresa responsável pela comercialização do produto.

O PLIN é um produto inédito no mercado nacional. Comercializado no site www.pataapata.com.br, ele custa R$ 90,00 e, com a compra, o dono tem acesso irrestrito e atualizado de todas as informações do portal Pataapata, incluindo lembretes via SMS ou e-mail de datas de vacinação, consultas, vermifugação, entre outros.

PLIN_1Como funciona o PLIN – Feito de material plástico injetável à prova d´água o PLIN Pataapata é uma medalha de identificação digital que contém informações para localizar o proprietário do pet em caso de perda do animal. Ela fica pendurada na coleira e a leitura é feita através das tecnologias NFC e do sistema QR Code que fica no verso do PLIN e pode ser lido por praticamente todos os smartphones. Para ter acesso a esta tecnologia, o usuário precisa baixar o aplicativo Pataapata no celular. O aplicativo é gratuito e pode ser baixado no Google Play ou através do QR Code existente na embalagem. Com a aquisição do produto, o animal precisa ser cadastrado no portal www.pataapata.com.br, que reúne uma base de dados completa dos seus usuários.

Na leitura digital aparecem as seguintes informações do pet: raça, sexo, data de nascimento e status (agressivo ou manso, por exemplo). Se o animal foi registrado como perdido no site do Pataapata, vai aparecer uma tela com a foto dele, nome e a informação “Animal Perdido”. Neste caso, surgirá um Aviso de Encontrado e a possibilidade de enviar um SMS ao proprietário. Portanto, para garantir maior segurança, os dados do proprietário não aparecem. Ele recebe esse SMS informando que seu amigo foi encontrado e um pedido para entrar em contato urgente com quem encontrou. “Por meio de um sistema moderno, o PLIN oferece proteção para o animal e maior tranquilidade ao proprietário e toda à família. É como se fosse o ‘anjo da guarda’ do pet”, declara José Carlos Quintela de Carvalho, diretor do Pataapata.

* Nós ainda não testamos o PLIN. Você já testou? Conta pra gente 😉

3 COMENTÁRIOS

  1. Pelo amor de Deus .. Preciso doar minha cachorra… Moro em um apto e estou tendo vários problemas…Ela tem 2 anos, mega dócil, nunca cruzou, vacinas OK.. Não quero abandona lá a própria sorte, isso è desumano … Socorro…

  2. Cadastrei minha cadela Rotweiller e agora?
    Coloco o chip na coleira e daí?
    Como alguem irá me ajudar se por acaso ela ficar perdida?
    Como alguem vai saber que este pingente é um dispositivo e como ele vai saber como usar?

Deixe uma resposta