Já levou seu cão ao dermatologista?

3
Cachorro no veterinário

A pele de cães e gatos costuma ser sensível como a dos humanos. Um das principais doenças que afetam esses animais são as dermatites alérgicas, provocada por picadas de insetos, por contato ou alimentar. De acordo com a veterinária e dermatologista Karla C. Pedroso, do Hospital Veterinário Pet Center Marginal, como as dermatites coçam e podem se transformar em feridas, é importante que os donos reconheçam a doença para evitar o desconforto nos bichinhos.

“No início, costumam aparecer manchas avermelhadas no corpo do animal que coçam muito. O risco é o animal se machucar ao coçar a região, podendo evoluir para feridas abertas e infecções secundárias da pele, levando a queda de pelo e agravamento do quadro”, informa.

É bom ficar de olho em qualquer alteração. O pug Romeu, por exemplo, começou a coçar insistentemente a região na nuca, até que, após alguns dias, foi possível notar que a coceira na área já estava formando ferida. “Levamos ao veterinário, que recomendou limpeza e uso de pomadas, além do uso de um cone por alguns dias, até para dormir, o que ele não gostou nada”, conta a reponsável pelo peludo. O ideal, portanto, é estar atento e procurar auxílio assim que algo anormal for encontrado 😉

3 COMENTÁRIOS

  1. Meu cachorro é um poodle e de um mes para cá
    ele está coçando muito o corpo principalmente debaixo do braço e tofs parte do corpo vermelha queria uma sugestão que poderia ser e o que fazer grato@

    • Olá Tadeu, tudo bem? Conversamos com as veterinárias do PatriPet, nossas colaboradoras, e elas enviaram a seguinte resposta para sua pergunta:

      “Cerca de 70% dos casos atendidos por veterinários na clínica geral são problemas dermatológicos (problemas de pele). Em princípio parecem casos fáceis de se resolver, porém cada caso é um caso! Animais que se coçam podem ainda não ter problemas somente de pele, mas sim com causa endócrina e metabólica. O ideal seria procurar um médico veterinário que realizará exames específicos para cada caso até que chegue a um diagnóstico e tratamento. Hoje em dia, a internet, amigos, vizinhos e farmacêuticos tentam nos dar uma “receitinha” caseira ou até mesmo sugerir medicamentos para determinado problema, mas é sempre bom lembrar que o que funcionou para um pode não funcionar para outro e ainda acarretar em um problema muito maior! Nunca medique seu animal sem consultar um veterinário, isso pode custar a vida de seu animal!”.

  2. Olá Tadeu, vamos repassar sua pergunta para as veterinárias que nos auxiliam, tá? Você teria uma foto do seu cãozinho (mais especificamente das partes atingidas pela coceira) para nos enviar?

Deixe uma resposta